sexta-feira, junho 24, 2011

Aprendizagem 2




O perdão é incompreensível




até ao dia em que faz sentido




por mais cliché que pareça




o viver é mais leve e doce

terça-feira, junho 21, 2011

Aprendizagens - 1



O orgulho é um impulso, mas também é uma defesa, creio que talvez venha do medo. Ser humilde é ter domínio sobre o orgulho, mas é totalmente diferente de não ter amor próprio...






... Ainda estou em aprendizagem :)

sexta-feira, junho 03, 2011

Aprendizagens - 0




Das trocas de ideias rapidamente se passa à troca de experiências e nem sempre é fácil colocar em causa, sem se ser mal interpretado, alguns cânones que não são mais do que a globalizaçao de experiências individuais, que construíram o caminho da evolução de mestres actuais e ancestrais, os quais merecem todo o respeito e gratidão. Um mestre é mestre num caminho, no seu caminho, no qual é pioneiro e construtor. Um mestre aconselha, guia, ensina e muitas vezes preocupa-se em sistematizar as suas experiências, de forma a deixar um legado que possa chegar mais longe no espaço e no tempo, àqueles que estão perdidos na busca do seu próprio caminho.



O problema de trocar ideias sobre caminhos, é quando se impõe um caminho como verdade absoluta. É quando pessoas menos experientes se apropriam das experiências dos mestres que seguem e as tornam dogmáticas. Um mestre ensina, aconselha, guia, mas nunca diz "não sigas o teu caminho, segue o meu". Tendo em conta que tudo aquilo que é pressupõe a existência do seu oposto, pressuposto este que suporta o conceito de relatividade, dizer tal coisa seria admitir que o seu oposto também fosse verdade, isto é, seria equivalente a dizer "não cometas os teus erros, comete os meus". Fácil será de concluír que assim dificilmente se aprende alguma coisa. Tal conduta não cabe na definição de mestre, mas sim na definição do seu oposto - ignorante. Um mestre é mestre no seu caminho, é construtor, é pioneiro, é sábio. Ele utiliza a sua mestria para orientar e aconselhar os outros, não impõe o seu caminho, simplesmente não pode ensinar outra mestria que não a sua. Um mestre é um mediador de conhecimento, não um obstáculo a este.



Foi exactamente por ter experienciado vezes sem conta essa dificuldade de diálogo face a dogmas existentes e porque, por extrapolação de experiências, estar certa de que me depararei ainda com vários outros dogmas que possam surgir, que criei esta nova etiqueta - Aprendizagens - para que possa exteriorizar o que retiro das minhas experiências, sem contrariar ou decepcionar os modelos mentais de quem tem sede de verdades absolutas. É exactamente por isso que se chama aprendizagens, trata-se de experiências e não de ensinamentos, nem de verdades absolutas. Afinal, eu sou apenas uma parte infinitamente pequena deste pálido ponto azul, como posso eu ter noção da verdade absoluta?
Partilhar