quinta-feira, julho 05, 2007

Revolvo-me...


Cansei-me.

Cansei-me de acordar cedo, de ir para onde tenho de ir, de fazer o que tenho de fazer todos os dias. Cansei-me de querer fugir.

Abstraí-me.

Abstraí-me dos meus actos mecânicos, do "repeat again" do "tem de ser", liguei o piloto automático e abandonei o comando. Sentei-me no universo entre o "agora" e o "sabe-se lá quando".

Assustei-me.

Assustei-me comigo, com os meus pensamentos fixos, com os objectivos que vislumbro fora dos meus compromissos. Com o cansaço que me envolve... e o caos do que por dentro me revolve...
Partilhar